Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Apenas 08 municípios do Pará têm fôlego financeiro para andar com as próprias pernas




COMPARTILHE

Em meio à discussão de criação de novos municípios, que volta e meia rouba a cena no Pará, nossa reportagem fez um levantamento inédito com dados informados no 2º bimestre deste ano por 107 prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) para checar o tamanho da dependência dos municípios às transferências de terceiros, como a União, madrinha maior da esmagadora maioria dos municípios brasileiros. Aqui no estado, a situação é crítica.

Além de Belém e Marabá, os municípios com prefeituras onde menos de 80% da arrecadação vêm de transferências são Barcarena (69,51%), Ananindeua (73,55%), Paragominas (74,29%), Castanhal (78,04%), Anapu (78,53%) e Altamira (78,87%).

Das 107 prefeituras que entregaram balanço orçamentário referente ao período consolidado encerrado em abril deste ano, por meio do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO), nossa reportagem detectou que apenas oito conseguiriam sobreviver a trancos e barrancos sem que viessem de fora pelo menos 80% do que atualmente arrecadam.


Autor:AMZ Noticias com Zé Dudu


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal Do Carajas Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal Do Carajas