Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

Palmeiras doa uniformes para torcedor indígena levar para aldeia no Alto Xingu




COMPARTILHE

O Palmeiras abriu as portas da Academia de Futebol para uma visita especial nos últimos dias. Isso porque um torcedor indígena foi até o centro de treinamento do Verdão e está levando um pouco do clube para a sua aldeia no Mato Grosso.

Iépe Mehinako encarou três dias de viagem de ônibus de Mato Grosso até São Paulo para conhecer as dependências do seu time do coração. Afinal, o índio de 26 anos é da etnia Mehinako e integrante da aldeia Utawana. Portanto, ele vive no Parque do Xingu e em uma comunidade com aproximadamente 200 habitantes.

Ao todo, cerca de 1600 quilômetros separam a aldeia de Iépe do estádio alviverde. No vídeo divulgado pela TV Palmeiras, o indígena palmeirense foi apresentado a toda a estrutura do Verdão. Além disso, ele conheceu os integrantes do elenco alviverde, bateu fotos e mostrou algumas imagens do trabalho que realiza na sua aldeia. “Eu treino as crianças e elas jogam bem. Toda tarde a gente joga bola e comemora ao marcar os gols. A mulherada também joga bola. E esse jogo traz muita alegria para nós na aldeia”, contou Iépe no registro da TV do clube paulista.

Ao encontrar Dudu, o visitante revelou que também atua como atacante e costuma usar a camisa 11 nos campeonatos de sua região. Bem humorado, o atleta do Palmeiras incentivou o torcedor a trocar a camisa e adotar o número 7 a partir de agora. “Eu fiquei muito feliz e emocionado. Meu sonho já realizou ao vir aqui”, afirmou o Iépe.

Portanto, o vídeo com o torcedor indígena foi publicado no canal oficial do Verdão no Youtube na última quarta (2). Mas, Iépe não vai voltar para a sua aldeia apenas com as lembranças e fotos para contar a história. Nesta sexta-feira, (4), o clube anunciou a doação de “107 peças de roupas do Palmeiras, como uniformes de jogo e treino para a Aldeia Utawana”.

Já que a informação foi divulgada na conta do Verdão no Twitter. “Um amor sem fronteiras, um time de todos os povos. É muito mais do que futebol (…). Hoje o Íepe retorna para sua aldeia levando um pouco mais do Palmeiras consigo e deixando um pouco dele conosco. Obrigado por cultivar o futebol!”, diz a mensagem do Verdão nas redes sociais.


Autor:AMZ Noticias com Cristina Possamai


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal Do Carajas Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal Do Carajas