Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

Moro e Helder comemoram primeiros resultados da parceria sobre segurança pública




COMPARTILHE

Para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o legado do "Em frente, Brasil", projeto federal de sua autoria voltado à redução dos índices de criminalidade violenta, é o reforço da importância e da necessidade de haver integração entre os poderes – e os resultados positivos já obtidos em Ananindeua, um dos cinco municípios brasileiros incluídos no projeto piloto, reforçam essa máxima.

Ele passou a segunda-feira (7) entre Belém e a região metropolitana, em reuniões com o governador Helder Barbalho e prefeitos, e conferindo de perto a execução do programa, iniciado em 30 de agosto. No final da manhã, em coletiva de imprensa na sede do Governo, ele deu detalhes sobre as próximas etapas.

"A fase posterior do programa prevê uma série de ações de outra natureza, urbanística, social, envolvendo outros ministérios, outras secretarias dos governos estadual e municipal, para tentar trabalhar fatores que possam levar ao incentivo da prática de crimes", antecipou, citando que toda essa atuação cumpre um projeto de campanha do presidente da República, Jair Bolsonaro. "Acredito que estejamos no caminho certo", declarou.

Helder Barbalho confirmou que a visita de Moro também serviu para dar andamento às tratativas que vêm sendo construídas entre o Governo Federal, Governo do Estado e prefeitura de Ananindeua, no sentido de garantir a eficácia das ações executadas pelo "Em frente, Brasil".

"Em um segundo passo, através de ações de transformação social e de saturação de diversas agendas do Estado, relacionadas a educação, saúde, infraestrutura, geração de emprego e renda, iremos buscar uma mudança da realidade social com impacto direto na melhoria dos índices de violência em Ananindeua, uma das cidades escolhidas para inaugurar o projeto, e esses resultados devem repercutir no âmbito nacional", analisou o governador. 

Ele aproveitou a ocasião para confirmar o entusiasmo do ministro, comunicando que o município em questão não registrou homicídios desde o primeiro dia do mês. "Uma demonstração clara de que este é o caminho certo e das repercussões diretas que já podem ser avaliadas, dada a integração das ações de Segurança Pública lideradas pelo ministério em interface direta com os atores da Segurança Pública do Estado e do município", atestou o chefe do Executivo estadual.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal Do Carajas Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal Do Carajas