Domingo, 29 de Marco de 2020

A influência em consumidores digitais




COMPARTILHE

Um assunto que tira o sono de muitas empresas é a dissonância entre as estratégias utilizadas no varejo e o consumidor contemporâneo. Mas, o que, de fato, influência a compra dos consumidores atuais?

Se a resposta foi fazer um site, criar um app e pedir para curtir, essa é a alternativa errada. O comprador atual quer experiência de consumo, e isso requer profundidade e não somente velocidade.

Não adianta mais chegar abraçando de supetão o cliente com uma promoção sem contexto. Vender hoje significa relevância, e se relacionar não é tarefa fácil pra ninguém. O que antes funcionava na base do “empurra que vai...”, não cola mais. O consumidor contemporâneo quer conhecer, namorar e casar com a marca pra que seus produtos sejam levados para casa.

Os esforços antes bem-sucedidos já não se mostram mais tão eficazes, uma vez que o consumidor está empoderado de informação. Aliás, pra falar a verdade, está entulhado dela.

Sem paciência para processos custosos, e ainda com pouca evolução nos hábitos digitais, o cérebro simplesmente descarta o que não interessa ou a marca que não presta atenção nele. O cliente hoje é uma pessoa que tem seus sentimentos levados a sério, suas dores resolvidas, e que é estimulada a curtir as diferenças.

A relação de compra e venda nunca foi tão baseada em relacionamento como nos dias atuais. Lembre-se que, para conhecer, namorar, noivar e casar o consumidor, não é  só na velocidade que vai conquistar. Precisamos falar mais cara a cara com o cliente. E temos que lembrar que envelhecemos, e que, compartilhar não é uma coisa fácil para muitos consumidores.

Nunca as redes sociais, ouvidorias e SAC foram tão utilizados pelo consumidor para se expressar. Assim, empresa que deseja vender, precisa estar atenta e ligada nesses canais. É por eles que conseguimos fazer a netnografia de uma marca e estabelecer o que faz sentido para o consumidor digitalizado. O que influencia a compra do consumidor atual é o relacionamento, e isso exige dedicação constante. É a empresa que presta atenção nas dores do seu cliente e que consegue resolver seus problemas vai conquista-lo tanto no on quanto no off.  

*Maria Augusta Ribeiro é especialista em #Netnografia e comportamento de consumo digital


Autor:Maria Augusta Ribeiro


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias