Domingo, 29 de Marco de 2020

Fecomércio Tocantins projeta prejuízo de mais de R$ 150 milhões com feriados em dias úteis




COMPARTILHE

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Tocantins (Fecomércio) estima um impacto negativo de R$ 155 milhões devido ao calendário de feriados do ano de 2020. Em 2019, a entidade afirma que os prejuízos oriundos de datas comemorativas nacionais ficaram em R$ 134,7 milhões no Tocantins.

Impacto grande para empresário - Para o presidente interino da Fecomércio, Domingos Tavares, mesmo com as medidas tomadas na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), o comércio do Tocantins sente esses impactos. “Nós lutamos há alguns anos para a diminuição da necessidade de fechamento do comércio em alguns feriados específicos ou ainda pela flexibilização e compensação de horas extras em datas como essas, porém, como é mostrado neste estudo, os impactos ainda são grandes para os empresários do comércio”, disse.

CCT acordou regras para jornada em feriados -  A Convenção Coletiva do Trabalho em vigor acorda que a terça-feira de Carnaval, Corpus Christi e 8 de setembro, o comércio poderá abrir normalmente. Outro feriado definido de comum acordo entre empregado e empregador será para o Dia do Comerciário, em 30 de outubro. Nos feriados municipais, a abertura do comércio em geral é liberada. Nos demais feriados, fica proibida a abertura do comércio, respeitando os dias informados junto a Convenção Coletiva de Trabalho.

CNC estima R$ 19,6 bilhões de perdas para todo o Brasil -  Através de um estudo feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o prejuízo a nível nacional com os feriados deverá chegar a R$ 19,6 bilhões. O valor é R$ 2,2 bilhões (12%) superior ao registrado em 2019 (R$ 17,4 bilhões). A geração desses prejuízos se dá por conta da queda no nível de atividade ou pela elevação dos custos de operação.


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias