Sábado, 26 de Setembro de 2020

Ministério da Saúde confirma primeira morte causada pelo novo coronavírus no Brasil




COMPARTILHE

O Ministério da Saúde confirmou, na manhã desta terça-feira (17), a primeira morte provocada pelo novo coronavírus. O óbito foi registrado em São Paulo e as informações preliminares são de que a vítima era um homem de 62 anos e estava internada em um hospital particular da capital paulista. Ele teria diabetes e hipertensão, doenças crônicas que potencializam o risco de morte entre idosos.

Segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, na tarde desta segunda-feira (16), o Brasil tem 234 casos confirmados de Covid-19. São Paulo, onde foi registrada a primeira morte, é o estado com o maior número de casos: 152. Há ainda no país 2.064 casos suspeitos e 1.624 casos já foram descartados.

Representantes da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo irão conceder entrevista coletiva para dar mais informações sobre a primeira morte em decorrência do coronavírus no país, às 13h. O Ministério da Saúde fará a atualização diária dos dados às 16h, em Brasília.

A epidemia de coronavírus no país deve atingir seu ponto máximo entre os meses de abril e maio, quando o governo poderá adotar medidas mais restritivas de circulação, e deve começar a arrefecer entre setembro e outubro, previu nesta terça-feira o ministro da Saúde, Henrique Mandetta.

Segundo o ministro, a adoção das medidas mais restritivas serão conversadas com os Estados, mas é necessário cuidado para que essa decisão não limite o abastecimento das cidades. O ministério começa a montar nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul novos leitos de Unidades de Tratamento Intensivo mas, de acordo com Mandetta, serão necessários também muitos leitos regulares de hospitais e escolas e outros locais poderão ser usados em casos emergenciais.


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias