Sábado, 15 de Agosto de 2020

Pará registra 31% de queda nos casos de pessoas desaparecidas no primeiro semestre de 2020




COMPARTILHE

O número de ocorrências de pessoas desaparecidas no Pará caiu 31% no primeiro semestre deste ano, de acordo a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). O levantamento analisa o número de ocorrências registradas em 2020 comparada com o mesmo período de 2019.

De acordo com a Segup, de janeiro a junho de 2019 foram registradas 331 ocorrências de desaparecimento no Pará e neste ano, 226. O número de adolescentes desaparecidos caiu, de 157 registros em 2019 para 103 em 2020. Crianças de 0 a 11 anos foram a única faixa etária que apresentaram aumento no número de desaparecimentos, que foi de 17 no primeiro semestre de 2019 para 19 no mesmo período de 2020.

Segundo o diretor de Polícia Especializada, Temer Khayat, não é necessário aguardar o prazo de 24h de espera para fazer registros. "Quanto antes for feito o registro de boletim de ocorrência em qualquer unidade policial, melhor. É importante também que seja levado um documento de identificação do desaparecido e uma foto recente, para que seja feita a divulgação junto aos órgãos de imprensa e sociedade", disse.

Desde maio deste ano, a Polícia conta com o apoio do Ministério Público do Pará (MPPA) na solução das ocorrências. Idealizado pelo MP do Rio de Janeiro e implementado no Pará em 2019, o Sistema Nacional de Localização e Identificação passou a funcionar em maio deste ano no estado, com a realização de cadastro de informações da pessoas desaparecidas na plataforma. Em caso de desaparecimentos, é possível registra a ocorrência também pelo site www.delegaciavirtual.pa.gov.br


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias