Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020

Ação de forças nacionais aumenta tensão em terra indígena entre São Félix do Xingu e Tucumã




COMPARTILHE

O clima é tenso na terra indígena Apiterewa, localizada entre os municípios de São Félix do Xingu e Tucumã, no sul do estado. O motivo é uma operação do Ibama, Força Nacional e Funai.

As equipes de fiscalização estão notificando os ocupantes da terra indígena sobre o prazo para que eles se retirem da área. A operação conta com 12 caminhonetes e 2 helicópteros instalados na base dentro da reserva. Os não indígenas denunciam que fiscais estariam agindo com truculência, queimando barracas, apreendendo veículos e destruindo motosserras e geradores de energia.

Revoltados com a prisão de dois homens, eles se concentram em frente a base montada pelo Governo Federal na terra indígena. Homens da Força Nacional tentam negociar com os manifestantes, mas eles dizem que vão permanecer no local.

A retirada dos não indígenas vem se arrastando desde 2005. Em junho de 2020 o ministro Gilmar Mendes (STF) acatou um pedido Prefeitura de São Félix do Xingu para que fosse feita uma conciliação entre indígenas, ocupantes e Governo Federal.  A Polícia Federal em Redenção informou que deve encaminhar uma equipe para terra indígena ainda esta semana. 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias