Quarta-Feira, 10 de Agosto de 2022

O agro é de esquerda? - Por Juliano Rafael Enamoto




COMPARTILHE

Com o início de 2022 em pleno ano de eleições, percebe-se que o quadro eleitoral em suas pesquisas uma estagnação das intenções de votos dos principais candidatos.

A Pesquisa Ipespe que ocorreu entre 24 e 25 de janeiro do corrente ano, demonstrou Lula (PT) com impressionantes 44%, Bolsonaro (PL) com 24%, Moro (PODEMOS) e Ciro Gomes (PDT) empatados em terceiro lugar com 8%.

A ausência de fatos políticos, a inexistência de horizonte de melhora econômica ou de reformas políticas, impõe o risco que este quadro, uma “fotografia de um momento”, cristalizar-se e ainda impor uma vitória de Lula em segundo turno ou ainda em primeiro turno, a depender da inanição dos demais candidatos.

Analisando esse quadro, em pleno “navio bolsonarista” afundando, começamos a perceber que os “ratos” são os primeiros a desembarcarem. Não é esse o adágio? Quando o navio começa a afundar você percebe pelos ratos fugirem dele.

O Senador Carlos Fávaro (PSD) que chegou a usar o Ministro Tarcísio Gomes em vídeo de apoio durante sua eleição, agora opera com Kassab (Presidente do PSD) buscando formar quadros de Deputados Federais, fugindo da clausula de barreira e em segundo turno capitulará facilmente em apoio a Luis Inácio Lula da Silva (PT), ah sim sob auspício de Mauro Mendes (DEM/UB), que em dezembro deu “piscadelas” para Lula.

O Deputado Federal Neri Geller(PP/MT), que buscava o apoio de Bolsonaro em MT, almejando o eleitorado radical que ainda apoia Jair Bolsonaro(mas derrete em ritmo acelerado em todo o país), tenta emplacar “seu projeto”(na verdade projeto de Blairo e Erai), contudo não tendo o apoio de Jair Bolsonaro, a estratégia para buscar o eleitorado de Lula, Neri Geller reuniu-se com expoentes da esquerda de Mato Grosso, sejam titulares de mandatos, sejam ainda com histórico de militância de esquerda, “farmando” o eleitorado petista ao mesmo tempo que busca não desagradar o eleitorado bolsonarista.

Lembro que tanto Neri, quanto Fávaro, atuam como parlamentares títeres, cujas cordas que controlam e permitem operar são Blairo e Erai. Ou alguém duvida que tais manobras dos dois parlamentares ocorrem com beneplácito, autorização e conhecimento de ambos os megaprodutores.

Faço a indagação aos demais produtores bolsonaristas que dizem ser “conservadores”, apoiaram, financiaram e pediram votos a ambos os parlamentares federais.... IRÃO APOIAR? Ficarão quietinhos? Muitos desses produtores foram “tigrões” contra o marxismo cultural, denunciaram o “vírus chinês”, foram nos atos de 07 de setembro, mas são GATINHOS que fazem romrom para Fávaro e Geller. O Agro é pop! O Agro é tech! O Agro é de esquerda?

*JULIANO RAFAEL ENAMOTO é servidor público.


Autor:Juliano Rafael Enamoto


Comentários:
O Jornal do Carajas não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal do Carajas e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias